quinta-feira, 6 de setembro de 2012

MASSAGEM RELAXANTE


Benefícios da massagem relaxante

Esse tipo de Massagem é executada aplicando movimentos firmes e suaves sobre o corpo, proporcionando relaxamento muscular, melhoria da circulação sanguínea, alívio de tensões no pescoço e ombros entre outros benefícios.
Existem diversas técnicas de massagem para praticamente todos os fins: correção postural, relaxamento, pós cirúrgica entre outras.
Com essa técnica, os músculos tensos e doloridos relaxam, pois é uma técnica com toques leves para estimular a produção de hormônios responsáveis pelo relaxamento. É uma ótima indicação para pessoas com fibromalgia.
Essa técnica utiliza toques mais leves para estimular a produção de hormônios responsáveis pelo relaxamento.
O principal deles é a ocitocina, que diminui o estresse, combate o medo e melhora relacionamentos.
A Massagem Relaxante também abaixa a pressão sanguínea, melhora o sistema digestivo, proporciona benefícios físicos e psicológicos, aliviando dores musculares, diminuição da ansiedade, irritabilidade, aumenta sua flexibilidade, elasticidade entre outros benefícios.
Esta técnica é uma ótima alternativa para pessoas que passam por dificuldades ou se sentem angustiadas.
É muito indicada para quem tem problemas de insônia ou acorda com sensação de cansaço.
Quem tem dias corridos nas grandes cidades costuma sentir melhor os efeitos da massagem relaxante.
Ela acalma a mente das pessoas. Todos os sistemas do corpo reagem positivamente à técnica.
O coração bate mais calmo, a respiração melhora e fica mais profunda, a pressão sanguínea normaliza e o intestino funciona melhor, trazendo para a pessoa o bem estar, mais vigor e vontade.
É altamente terapêutica, ajuda na reflexão e acalma antes de alguma atividade que dá medo, como uma prova ou discurso em público.
Mantém os efeitos bons pelo resto do dia ou por mais tempo.
A massagem relaxante tem um efeito calmante no sistema nervoso.
A massagem relaxante liga o sistema parasimpático e desliga o sistema simpático.
Na vida ocidental,é difícil desligar o sistema simpático do estresse e muitas pessoas raramente se sentem calmas.
Este estresse pode levar a problemas intestinais (intestino preso ou hiperativo)
A massagem relaxante abaixa o rítmo cardíaco, tem efeitos bons na pressão sanguínea e deixa a pessoa disposta a enfrentar o estresse do dia a dia.



segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Em uma hora de aula é possível queimar 450 calorias!

Por Renata Demôro
O pilates é o exercício preferido de Jennifer Aniston, Madonna, Deborah Secco e outras famosas elogiadas pela boa forma. Mas você sabe quais são os benefícios desta atividade? “O corpo trabalhado pelo pilates é torneado, forte, longilíneo e flexível. A atividade ainda ajuda a ganhar resistência, perder peso e corrigir a postura. Acredito que este seja o segredo para atrair pessoas com uma vida agitada, que buscam um exercício completo e com resultados visíveis", explica Myra Hirano, fisioterapeuta, instrutora de pilates e diretora do Myra Hirano - Pilates & Care . A seguir, entenda como você pode ter o corpo dos sonhos praticando pilates:


  • 1
    Pilates emagrece, sim!
    Segundo Michel Salgado, fisioterapeuta e sócio-diretor da Metacorpus Studio Pilates, é possível queimar até 450 calorias em uma hora de aula. “A prática regular de pilates é capaz de trazer os mesmos benefícios musculares conseguidos com outras aulas na academia. Para emagrecer e tonificar os músculos com esta atividade é preciso praticá-la três vezes por semana, tempo para desenvolver uma carga de 20 exercícios”. Se você praticar outras atividades aeróbicas, como caminhada, corrida e natação, a instrutora Myra recomenda praticar o pilates duas vezes por semana. 
  • 2
    Mat Pilates
    É a aula de pilates em grupo, oferecida em academias. Segundo Myra, “o pilates pode ser praticado fora dos aparelhos específicos, em grupo ou de forma individual. Usando um tapetinho ou a bola suíça você pode praticar alguns exercícios em casa, na praia ou em um jardim. A faixa elástica é um acessório leve e prático, que pode ser levado para viagens”. Neste caso, a única desvantagem é não ter uma série específica e personalizada.
  • 3
    Atividades complementares
    De acordo com Myra, para perder peso e conseguir um corpo delineado é preciso investir também em exercícios aeróbios. “O pilates trabalha o corpo todo e proporciona diversos benefícios, mas é preciso complementar a prática com exercícios cardiovasculares, como caminhada ou corrida. Esta seria a fórmula ideal de atividade física para um corpo em forma”, diz a instrutora de pilates.
  • 4
    Contraindicações
    “Os exercícios de pilates não oferecem impacto, sobrecarga muscular ou articular, mas certos  movimentos podem ser contraindicados. No caso de um aluno com osteoporose, é preciso evitar flexões e rotações na coluna, evitando a pressão nas vértebras e possíveis fraturas. Com aulas personalizadas individuais, ou em grupos de até quatro alunos, o instrutor é capaz de dar toda a atenção que o aluno necessita, evitando e prevenindo lesões”, orienta Myra. De acordo com a instrutora, a atividade pode ser praticada por pessoas de qualquer idade, incluindo aquelas que sofreram lesões e precisam de reabilitação fisioterápica.

    FONTE: GNT SAÚDE

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Fisioterapeutas são anjos

Fisioterapeuta Dra. Alexandra Diniz

Fisioterapeutas são anjos
Fisioterapeutas são anjos que nos ajudam.
Nos ajudam a entender que, apesar da queda, sempre nos ajudarão a levantar.
Nos ajudam a redescobrir os valores da vida, quando tudo parece estar perdido.
A ter paciência diante  dos obstáculos.
A resgatar o amor próprio e a força de vontade.
A reconhecer que o corpo humano é algo espetacular.
Nos ajudam a perceber que a dor se torna frágil diante de suas mãos e a acreditar
que as cicatrizes são marcas de grandes vitórias.
A fortalecer, repotencializar e reeducar não só o nosso corpo, mas também a alma!
A resolver deficiências.
A acreditar que Deus existe!
A relaxar mesmo depois de um dia muito difícil. A encher os pulmões de esperança!
A drenar e espirar o sofrimento.
A viver o presente, sem temer o futuro. A alcançar a independência.
A prevenir a doença, tratar o corpo e recuperar a auto-estima.
A utilizar os elementos da natureza a nosso favor.
A acreditar que o mais simples toque de suas mãos faz toda a diferença.
Autora: Fernanda Póvoa

Pilates é cada vez mais utilizado pela medicina para evitar e combater dores

 Criado pelo alemão Joseph Pilates durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o método de condicionamento físico que leva o nome de seu criador é cada vez mais popular e vem sendo utilizado no mundo inteiro como uma ferramenta geradora de qualidade de vida. Além de ser utilizado por aqueles que apenas buscam uma atividade física prazerosa e eficiente, o Pilates também pode ser coordenado por médicos Fisiatras, Ortopedistas e Reumatologistas.
Quando criado, o Pilates logo foi adotado por bailarinas, que o utilizavam como complemento aos ensaios, em busca da melhor forma. Mas foi no início da década de 90 que a atividade se popularizou e ganhou fama. No Estados Unidos, por exemplo, estima-se que hoje dez milhões de pessoas praticam a atividade regularmente. Um dos motivos que impulsionou o Pilates é a rápida percepção dos resultados, mas a técnica oferece muito mais: respeita as limitações do praticante, é uma atividade prazerosa, atua na prevenção e recuperação de problemas como dores e lesões e trabalha a saúde como um todo.
Muitas pessoas procuram o Pilates como uma atividade física regular. É uma atividade física que trabalha a prevenção mas também a recuperação de problemas médicos. A atividade está na sua técnica, que parte do conceito de centro de força: fortalecer os músculos da coluna, do quadril, das coxas e do entorno do abdome é a melhor maneira de garantir uma boa sustentação para o corpo humano.


Foto: Tudo Sobre Pilates- Galeria Joseph Pilates

O Pilates oferece resultados tão eficientes que têm chamado cada vez mais a atenção dos médicos. Estudos demonstram que o Pilates é eficiente na redução de dores, especialmente lombar e também dores provocados pela fibromialgia. Um desses estudos foi realizado pelo Departamento de Medicina do Esporte e Reabilitação do Instituto Ortopédico Gaetano Pini, na Itália.
Além do alongamento e do equilíbrio postural, o Pilates faz um trabalho de fortalecimento muscular muito positivo, pois ajuda na sustentação da coluna. A prática do Pilates passa pelo equilíbrio e quando as cadeias musculares estão em equilíbrio, há redução de dor. Os exercícios precisam ser elaborados para atender aos variados quadros clínicos dos pacientes. Por isso, a coordenação de médicos é essencial.
O Pilates vem sendo usado inclusive por pessoas que têm câncer. No prestigiado M. D. Anderson Cancer Center, também nos Estados Unidos, o Pilates está na ordem do dia, para pacientes com câncer de mama e na reabilitação de pessoas com problemas músculo-esqueléticos. Pacientes com doenças neurológicas, como Parkinson, também utilizam a técnica. “Os exercícios de Pilates estimula a habilidade de concentração. E reduz o estresse”. Hospitais do Brasil também já utilizam o Pilates, como o conceituado Albert Einstein, em São Paulo.
O Pilates é uma atividade física completa e é amplamente recomendada para todos. Não há dúvidas, no entanto, de que a atividade pode fazer toda a diferença no tratamento de dores músculo-esqueléticas ou patologias como a fibromialgia. Esse é o nosso foco: a promoção da saúde e a busca por uma melhor qualidade de vida.
Fonte: creb.com.br

Fisioterapia e Pilates: Companheiros para o seu bem estar



A prática do Pilates se distingue de outras atividades físicas e funciona como utensílio de reabilitação, por dar ênfase a muitos princípios importantes em um trabalho terapeutico.
A melhora da postura é um dos pontos fortes do método. Além dos músculos do centro de força, é possível trabalhar os músculos estáticos e dinâmicos, profundos e superficiais, os quais são responsáveis pela conservação da postura.
Busca-se na prática requerer o alongamento ou relaxamento de músculos encurtados ou tensionados demasiadamente e o fortalecimento daqueles que estão estirados ou enfraquecidos.
Desse modo, o Pilates é aconselhado quando a reabilitação de um indivíduo tem como objetivos:
    • O fortalecimento muscular localizado ou global;
    • O aumento da flexibilidade geral;
    • Correção de distúrbios da postura;
    • Melhora do equilíbrio estático e dinâmico;
    • Melhora da coordenação motora;
    • Dissociação de cinturas;
    • Alongamento axial;
    • Estimulação Proprioceptiva;
    • Relaxamento muscular geral;
    • Melhora da capacidade respiratória;
    • Aumento da consciência corporal
    • Por todo seu conjunto, o pilates é hoje utilizado por fisioterapeutas como auxíliar ao tratamento fisioterapêutico, nas mais diversas patologias ortopédicas, reumatológicas e respiratórias.
      Fonte: Revista Pilates

domingo, 5 de agosto de 2012

Trabalho com faixa elástica no Pilates


 A faixa elástica no Pilates promove o fortalecimento muscular e articular, tanto em programas de reabilitação quanto em programas de fitness ou condicionamento físico.

As faixas elásticas contam com original sistema de resistência progressiva, são confeccionadas em borracha e apresentam oito níveis de elasticidade, cada qual com uma cor diferente.
Riscos e benefícios da faixa elástica nas aulas de pilates
Usar a banda elástica  nas aulas de pilates trás inúmeros benefícios, mas também riscos de lesão. Uma matéria publicada na Revista Pilates resalta Os benefícios da faixa elástica e são muitos!

Com a faixa elástica  é possível aumentar a resistência dos exercícios de forma gradual uma vez que existem faixas que promovem níveis de tensão diferentes e com isso podemos usá-la com alunos de diferentes níveis de condicionamento, inclusive combinando faixas diferentes com um mesmo aluno.
A faixa elástica também pode ser usada como acessório para auxiliar nos exercícios de flexibilidade e dependendo do exercício pode servir como facilitador uma vez que serve de apoio para os membros.

Um outro bom motivo para usar a banda elástica nas aulas de pilates é a possibilidade de multiplicar os exercícios usados. Serve como fator motivacional, torna a aula mais interessante e muitas vezes mais desafiadora.

Cuidados na utilização


O uso da faixa elástica, nas aulas de pilates, ao contrário do que muitos pensam, envolve o risco de lesões e por isso devemos ficar atentos e orientar corretamente os alunos em relação ao seu uso.
Todo elástico quando esticado acumula energia que é liberada quando o soltamos. Ao fazer exercícios resistidos com a faixa elástica ela será esticada durante a fase concêntrica do movimento, acumulando energia, que será liberada na fase excêntrica. É no momento dessa liberação de energia, quando o elástico volta à sua posição inicial, o aluno precisa controlar o movimento, caso contrário podem ocorrer lesões.

Existem dois mecanismos de proteção do músculo: OTG (Orgão Tendinoso de Golgi) e Fuso Muscular. Eles são responsáveis por passar informações sobre o estado de cada músculo e tendão.

OTG: informa ao córtex sobre a tensão nos tendões e sobre a velocidade de alteração da tensão. Desencadeia a inibição dos motoneurônios dos músculos em contração, causando relaxamento.
Fuso Muscular: informa ao córtex sobre o comprimento da fibra muscular e sua velocidade de alteração. Ativado quando o músculo é alongado, desencadeia o processo reflexo de contração.
Quando a fase excêntrica do movimento ocorre de forma abrupta, sem controle, causada pela liberação de energia do elástico, pode não haver tempo para que esses mecanismos entrem em ação, provocando a lesão.

Portanto é importante orientar o aluno, inclusive fazendo demonstrações, sobre como será a ação do elástico na fase excêntrica do movimento, instruindo-o para manter a tensão, realizar o movimento devagar e com controle. Desta forma é possível aproveitar todos os benefícios da banda elástica sem Correr risco.

sexta-feira, 27 de julho de 2012


. Abdômen com movimento de pernas
Deitada de barriga para cima, mantenha a coluna toda no chão. Estenda as pernas e toque com a parte de trás dos tornozelos na bola. Pés em ponta. Cotovelos flexionados, mãos atrás da cabeça. Elevando a cabeça, inspire. Ao expirar, eleve a perna direita estendida. Inspire, retornando a perna direita para a bola. Quando expirar novamente, eleve a perna esquerda. Alterne as pernas, fazendo cinco vezes para cada lado.

Respiração: no pilates, a respiração está sincronizada com os movimentos. A inspiração sempre deve ser feita pelo nariz, antes da ação, ainda na posição inicial. Enquanto faz os exercícios, expire pela boca, deixando o ar sair completamente. Expirar aqui não é simplesmente soltar o ar, e sim contrair toda a musculatura do abdômen, acionando o core.

Faça sempre 10 repetições
Fonte:Boaforma

O treino de pilates de Deborah Secco



1. Alongamento
Tronco: ajoelhe-se de frente para a bola, toque com o dorso dos pés no chão. Inspire. Solte o tronco na bola, ao expirar, e role com o corpo para a frente, estendendo as pernas e contraindo o abdômen. Toque as mãos no chão. Inspire, retorne para a posição inicial e recomece.

Costas: sente-se na bola com os pés firmes no chão, o abdômen contraído e o peito aberto. Caminhe para a frente e escorregue os glúteos pela bola até apoiar a região lombar. Inspire. Ao expirar, contraia o abdômen, estenda as pernas e toque as mãos no chão. Inspire, volte para a posição inicial e recomece.

Respiração: no pilates, a respiração está sincronizada com os movimentos. A inspiração sempre deve ser feita pelo nariz, antes da ação, ainda na posição inicial. Enquanto faz os exercícios, expire pela boca, deixando o ar sair completamente. Expirar aqui não é simplesmente soltar o ar, e sim contrair toda a musculatura do abdômen, acionando o core.

Faça sempre 10 repetições
Fonte:Boaforma

10 motivos para fazer Pilates

1.Aumenta a resistência física e mental
2. Alongamento e maior controle corporal
3. Correção postural e intenso trabalho de respiração
4. Aumento da flexibilidade, tônus e força muscular
5. Alívio das tensões, estresse e dores crônicas
6. Melhora da coordenação motora e traz maior mobilidade das articulações
7. Estimula o sistema circulatório e oxigenação do sangue
8. Facilita a drenagem linfática e a eliminação das toxinas
9. Fortalecimento dos órgãos internos
10. Aumento da concentração

sábado, 21 de julho de 2012

Pilates é ou não o campeão de benefícios?

 
Os benefícios da bola de pilates tornam os resultados ainda mais rápidos  e aparentes.
Nas 10 primeiras aulas, o praticante sente queseu corpo  mudou, na 20ª aula sente as mudanças visivelmente, na 30º  as pessoas começam a apontar mudanças!
O método pilates modela o corpo e melhora o condicionamento físico. Além disso os benefícios da bola de pilates, traz aquele resultados de emagrecimento de horas na academia, queima calórica são expressivos (pilates queima-se por aula cerca de 300 calorias).
A prática  com a Bola Pilates  traz também diversos benefícios, como controlar  picos de ansiedade e depressão ocasionados pelo estresse do dia a dia.
Mais do que um exercícios físico, é um exercício mental, que tem como objetivo trabalhar a mente associada ao corpo.

Pilates é ou não o campeão de benefícios?

Fonte:exerciciofisico.com

“Pilates emagrece” em quanto tempo?


 Os exercícios de pilates proporcionam muitos benefícios ao corpo, mais uma duvida freqüente é se o pilates emagrece, e se emagrece em quanto tempo os resultados aparecem.
Para quem pratica os exercícios de pilates aproximadamente uma hora de treino intenso por dia, pelo menos 3 vezes por semana, o seu gasto calórico pode chegar em 400 calorias, por aula, dependendo do esforço do aluno.

Se o “pilates emagrece”, em quanto tempo eu vejo os resultados?

Levando em consideração a media de treinos a cima, pode se observar diferenças a partir da décima aula de pilates. Lembrando que as primeiras diferenças nem sempre são estéticas, mas abrangem o alongamento e a postura corporal que são uns dos principais benefícios do pilates.
Não é possível responder a pergunta (pilates emagrece em quanto tempo) exatamente, pois cada metabolismo reage de maneira diferente, e os resultados também dependem da alimentação da pessoa. Mas se a pratica for constante e persistente com certeza o pilates ajuda a emagrecer, para algumas pessoas em um período longo de tempo, e para outras o pilates emagrece em pouco tempo.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

FELIZ DIA DO AMIGO!


"O que seria de nossa vida se não fossem os amigos, fiéis parceiros, companheiros de jornada, pessoas que entram em nossa vida para somar, para completar o que nos falta, por isso, sempre digo, ao acordar de manhã agradeça pela amizade, pelos amigos que tem."
FELIZ DIA DO AMIGO!
Bjos da Ale

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Drenagem linfática facial ameniza linhas finas e renova a pele.

O tratamento também melhora olheiras e auxilia a cicatrização pós-cirúrgica

 
Mais um tratamento pode entrar para a sua lista de cuidados. A drenagem linfática facial. A técnica de massagem é cheia de benefícios. Ajuda ativar a circulação sanguínea, promovendo o relaxamento dos músculos da face e a eliminar as toxinas (que formam as linfas), causadoras das linhas finas e marcas de expressão. Suas vantagens vão desde revitalizar a pele do rosto, amenizar olheiras e até tratar hematomas decorrentes de traumas, doenças e cirurgias.

"Muitas pessoas pensam que a drenagem está associada apenas ao corpo, para o tratamento de celulite, retenção de líquidos, gordura localizada e recuperação no pós-operatório e desconhecem as vantagens que a técnica pode fazer para o rosto", explica a dermatologista Meire Parada Brasil, do setor de cosmiatria da Unifesp.  
Drenagem linfática facial
A técnica
Todos os toques e manobras da drenagem linfática facial, assim como acontece na corporal, devem ser feitos suavemente. "Os movimentos são de deslizamento e bombeamento e têm a finalidade de desobstruir os canais linfáticos, causando sensação de bem-estar e provocando maior eliminação do líquido retido no organismo", através da urina, explica Tatiana Campos Rocha, especialista em fisioterapia dermatofuncional e drenagem linfática, do Espaço Equilíbrio, em Minas Gerais.

A técnica não tem contra-indicação e deve seguir uma ordem específica para funcionar de forma eficiente. "O tratamento consiste em duas etapas. Primeiramente, é feita a abertura dos gânglios (no pescoço, colo e axilas) e, em seguida, a drenagem propriamente dita, direcionando a linfa, com seu conteúdo (toxinas e líquidos retidos), para serem eliminadas por esses gânglios..  
Freqüência ideal
As sessões podem ser feitas uma vez por semana, ou até mais do que isso, no caso de um tratamento para peles mais necessitadas. "A freqüência ideal vai depender de cada caso, mas é importante manter a regularidade no tratamento para não prejudicar o resultado final", explica a fisioterapeuta.

Objetivos
A drenagem linfática facial tem objetivos preventivos, estéticos e terapêuticos, pois estimula o sistema de defesa, a oxigenação dos tecidos e ajuda na eliminação de líquidos que ficam retidos, tonificando a pele e retardando o envelhecimento dos tecidos. A dermatologista da Unifesp explica que seus resultados são satisfatórios, porém, não são milagrosos, "A técnica ameniza problemas de origem vascular. Apagar manchas e eliminar rugas não faz parte do tratamento", explica Meire.  
Olheiras e marcas de expressão
Como atua na melhoria da circulação sanguínea, a drenagem amplia a vascularização da região onde é aplicada. O resultado é a eliminação de bolsas e marcas de expressão na região dos olhos. "Só que a técnica não tem o poder de clarear a pigmentação escura das olheiras nem manchas de nenhuma natureza", explica Meire. "Os efeitos da drenagem não são definitivos, duram por um certo tempo, que varia de pessoa a pessoa, por isso a importância da manutenção do tratamento", diz a dermatologista.

Pós-operatório
Após as primeiras sessões, é possível visualizar os resultados do tratamento, com diminuição do edema e uma melhora geral na aparência da pele. "Quando a drenagem é realizada na área da cirurgia, há a compressão do líquido retido e sua eliminação de maneira mais rápida pelo organismo, evitando o perigo de infecções", explica a médica Em relação às cicatrizes, a drenagem é eficiente logo após a lesão, pois melhora a capacidade linfática e a circulação, diminuindo o edema. "Caso seja feita muito tempo depois, as chances são menores de ficar sem nenhuma marquinha, já que a circulação ficou comprometida em função do inchaço provocado pela lesão", afirma a dermatologista.  
Fonte:minhavida.com

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Auxilio do Método Pilates em portadores da Síndrome de Down

Aluna Marília

Conhecido por trabalhar o reequilíbrio corporal e a reeducação postural, o método pilates vem sendo utilizado como forma de tratamento para pessoas com Síndrome de Down. Estes pacientes sofrem de atrasos motores, o que faz com que sejam necessários ajustes posturais, controle dos equilíbrios estático e dinâmico, além de melhoria da coordenação motora ampla e fina e da sensibilidade tátil.
Como o pilates é uma disciplina que se concentra nos músculos, peças-chave para a boa postura, o método é largamente indicado aos pacientes com Síndrome de Down devido ao fato de estas pessoas apresentarem a chamada hipotonia, que é a falta de tônus muscular, o que causa a flacidez.
Assim, o pilates pode ter um papel importante no objetivo de estimular a força muscular, a flexibilidade, a correção postural e o equilíbrio, além de reduzir o risco de lesões. De acordo com a fisioterapeuta Sylvia Borboni, o ideal é que o trabalho seja realizado com atendimento individual ao paciente considerado especial. “Mesmo que existam mais pacientes em uma sala, a atenção à pessoa com a Síndrome de Down deve ser reforçada para que haja suporte ao equilíbrio.”
O diferencial de uma aula de pilates para pessoas especiais é o aspecto lúdico. “Eles costumam se distrair com muita facilidade, então, lançamos mão de atividades dinâmicas e de equipamentos que despertam o interesse, como é o caso da bola, por exemplo.” O pilates utiliza, ainda, bastões, faixas elásticas e tábuas de equilíbrio, que trabalham o ajuste postural.
Os exercícios desenvolvidos são semelhantes aos praticados por pessoas que não têm a síndrome, contudo, as cargas utilizadas são mais leves. Além disso, o pilates para especiais trabalha com atividades que estimulam ações condizentes com problemas que eles geralmente apresentam, tais como comprometimento cardíaco e respiratório. “Enfatizamos movimentos que funcionam como estímulo, a fim de que haja ganho para o paciente.” Segundo a fisioterapeuta,  o ideal é que os exercícios comecem a ser desenvolvidos ainda na infância e prossigam ao longo da vida.
Uma das dificuldades apresentadas pelos portadores de Síndrome de Down diz respeito à respiração. Isso porque a hipotonia causa a inabilidade do músculo transverso abdominal em permitir a ação do diafragma. Este prejuízo, por sua vez, dificulta as respirações profundas, amplas e adequadas, aumentando as chances de infecções pulmonares e respiratórias. Diante deste quadro, a fonoaudióloga Sérgia Souza lembra que a hipotonia causa, ainda, o atraso na aquisição da linguagem e da fala. “O ideal é que seja feito um trabalho junto ao pilates de estímulo à sucção, à mastigação e à deglutição. Assim conseguimos melhorar a tonicidade, o que contribui diretamente para o desenvolvimento da fala.”
Sérgia lembra a predisposição do paciente especial para desenvolver a respiração oral. “Isso prejudica muito, pois causa alterações no humor, no sono, na alimentação, entre outras.” Embora alguns classifiquem a Síndrome de Down de acordo com graus, a fonoaudióloga prefere considerar as capacidades de cada paciente. “A evolução depende só do estímulo do meio. Além disso, devem ser consideradas as características individuais.” Por isso, segundo ela, o trabalho multidisciplinar é importante. “O trabalho com músicas e com jogos de computadores, que estimulam a coordenação motora e a memória, trazem um ganho enorme.”
Autora: Aline Furtado
Fonte: Portal ACESSA.com

domingo, 8 de julho de 2012

Como ajudar, através da Respiração do Pilates, um paciente com Enfisema Pulmonar

Enfisema faz parte de um grupo de doenças pulmonares denominado: "Doença Pulmonar Crônica Obstrutiva" (DPOC), que interfere com a respiração normal. 

O Enfisema Pulmonar é uma doença degenerativa, que geralmente se desenvolve depois de muitos anos de agressão aos tecidos dos pulmões devido as toxinas presentes no ar e especialmente presentes no cigarro.  Essas toxinas destroem os alvéolos que sofrem alterações na respiração, dificultando as trocas gasosas (alvéolos: se localizam na base dos pulmões, onde acontece melhor troca gasosa durante a respiração). E é justamente aí que o problema respiratório se instala, gerando uma complicação no processo natural de transformar o oxigênio inalado presente no ar em gás carbônico dentro do organismo. 

Como resultado dessa agressão, os pulmões perdem sua elasticidade e exalar fica difícil. À medida que os danos progridem, o esforço de trocas gasosas para respirar aumenta. 

Sabemos que a atividade física, predominantemente aeróbia, tem um grande impacto na vida desses pacientes com problemas respiratórios, melhorando a função cardiovascular, o sistema ventilatório, auxiliando no aumento da resistência e força muscular, e entre outros benefícios. O Pilates, sem dúvida nenhuma, é mencionado como excelente atividade na melhora diária desses pacientes.

"Como o Pilates pode influenciar na melhora desses clientes?" 

"Quais os benefícios de um bom padrão de respiração para esses clientes?" 

A Respiração, o primeiro princípio básico, enfatiza um bom padrão ao inspirar e expirar, utilizando a ativação de músculos profundos e estabilizadores do centro de nosso corpo, região lombo pélvica. Esse padrão de respiração encoraja a utilização dos lóbulos inferiores dos pulmões durante uma expansão látero posterior da caixa torácica, em especial onde a eficiência das trocas gasosas será maior, como já citado acima. 

Com isso, os exercícios de espirometria, especialmente o Espirômetro de Incentivo TRI BALL, influenciam diretamente no auxílio ao cliente com enfisema, minimizando os sintomas de falta de ar ou até recuperando totalmente a respiração normal.

Os instrutores de Pilates devem conscientizar os clientes com DPOC que um bom padrão de respiração se tornará ponto primordial em suas aulas. Explicar aos mesmos a melhor forma de encorajar o padrão de respiração tridimensional, justificar o porquê respirar desta forma e pontuar todos os benefícios a ele.

Sugestões de alguns exercícios do Método aos instrutores:

•Respiração deitado em decúbito dorsal para entender para onde a respiração tem que ser direcionada; 
•Respiração sentada com ou sem articulação de coluna para frente;
•Utilização do acessório Flexband para um feedback tátil com elástico com a caixa torácica;
•Exercícios de respiração com o Arc Barrel, em decúbito dorsal, ventral ou lateral (apoio da caixa torácica no equipamento);

Se o praticante for idoso, levar em consideração de como será transmitidas as informações desse princípio.

"Um padrão de respiração relaxado e profundo encoraja o foco e a concetração" 
Fonte: SITE OFICIAL - STOTT PILATES

ULTRA SOM


 O ultra som é utilizado em grande parte dos tratamentos na área da saúde, embora seja um aparelho indispensável para os fisioterapeutas. Porém o uso do ultra som não se limite a usos somente na área da saúde como, para tratamentos de tecidos lesionados, ou regeneração de músculos e ossos. O ultra som também está sendo introduzido nas clinicas de estética ou em lugares que façam tratamentos específicos para o corpo.
   Na área da estética são existentes três tipos de aparelho de ultra som, que são o aparelho de ultra som 1 MHZ, o aparelho 3 MHZ e o aparelho 5 MHZ. Cada um desses aparelhos é indicado para um tipo de tratamento especifico, lembrando que o tempo limite de uso do ultra som é de aproximadamente 15 a 20 minutos, o que ira depender da área a ser tratada ou do tipo de tratamento.
   A finalidade dos tratamentos com o uso de aparelho de ultra som na área da estética, são de proporcionar melhores resultados. As principais indicações do uso do ultra som na área da estética são:
   Tratamento de celulite (o uso do ultra som nesse tratamento se consiste em romper os nódulos da celulite, proporcionando uma melhor aparência, além de retirar da superfície da pele as células mortas).
   Tratamento de gordura localizada (auxilia e facilita a descompactação da gordura endurecida).
   Tratamento pós operatório de cirurgias, principalmente de cirurgia plastica (auxilia no alivio da dor, e ajuda a desinchar).

CORRENTE RUSSA


 
A Corrente Russa é uma forma de eletroterapia (terapia com impulsos elétricos), associada a movimentos musculares, desenvolvida pelo russo Yakov Kots nos anos 80. A corrente elétrica utilizada é assimétrica, de baixa freqüência, baixa voltagem e pequena intensidade. O estímulo elétrico da Corrente Russa é aplicado por 10 segundos, seguido por intervalo de 50 segundos, com um tempo de tratamento recomendado de 10 minutos por sessão de estimulação elétrica.

   O argumento de Yakov Kots para o uso de estimulação elétrica em conjunto com exercícios voluntários é que os programas comuns de atividade física constroem volume e força muscular ou resistência física, porém ignoram o papel da habilidade e coordenação motora na performance atlética.
   Já a estimulação elétrica recrutaria fibras de contração rápida, unidades motoras rapidamente fatigáveis associadas a movimentos rápidos, coordenação motora precisa e graciosidade do movimento, e também as fibras de contração lenta de maior capacidade para gerar energia aerobicamente.
    Ao contrário da ginástica passiva, na Corrente Russa existe a participação direta da pessoa. Desta forma, com a combinação de exercícios e estimulação elétrica da Corrente Russa, poderia-se obter mais vantagens.
    Embora seja comprovado que a Corrente Russa estimula fibras de rápida contração, é questionado até que ponto isso ajudaria na precisão do controle motor e graciosidade do movimento.
   As aplicações de corrente russa visam enrijecer e tonificar a musculatura. O objetivo da Corrente Russa é elevar a capacidade muscular, porém muitas vezes é esquecido que ela deve ser usada em conjunto com exercício físico e não como uma alternativa a ele. A estimulação elétrica é usada extensivamente na fisioterapia, porém na Corrente Russa defende-se sua aplicação para elevar a força muscular. Atualmente muitos centros de estética utilizam a Corrente Russa. Como aplicações atuais da corrente russa pode-se citar: combate à flacidez muscular, recuperação de força muscular, reabilitação de atletas, melhoria do fluxo sanguíneo e do sistema circulatório.
    A Corrente Russa pode ser contra-indicada para:
Portadores de marca-passo, Doenças cardiovasculares, Problemas de pressão, Problemas renais crônicos, Epilepsia, Patologia pulmonares.
    Tempo de duração do tratamento com Corrente Russa
    As aplicações de Corrente Russa têm duração de 10 a 20 minutos. O número de sessões por semana é variável e a quantidade total de sessões também. Geralmente o tratamento com corrente russa é feito duas ou três vezes por semana iniciando-se com um total de 10 a 20 sessões.

Venha fazer uma aula experimental!

Venha fazer uma aula experimental!
Confira um pouco do nosso trabalho! 
Vista nossa camisa!

As minhas queridas alunas do Studio Pilates minha eterna gratidão pelas palavras de reconhecimento, carinho que, antes de soarem como elogios, hoje soam como incentivo para eu trabalhar cada vez melhor.
Alexandra Diniz

MASSAGEM TURBINADA (MODELADORA)

 Nada incomoda mais uma mulher que aquela gordurinha localizada que insiste em aparecer quando se usa uma roupa mais justa. Mas uma novidade promete efeito relâmpago na redução de medidas: a massagem turbinada.
        A massagem turbinada é feita em todo o corpo, com as mãos, usando movimentos intensos, rápidos, repetitivos, e utilizando rolos de sucção e amassamento, além de cremes e géis que ativam a circulação, trabalham a gordura localizada e eliminam as toxinas.
Os principais benefícios da nova técnica são: ativação da circulação sangüínea, aumento da oxigenação e nutrição celular, liberação de toxinas acumuladas no tecido, melhora do peristaltismo (movimentos intestinais), quebra de nódulos lipolíticos (gordura localizada), auxílio no processo de redução de medidas, redução de edemas (retenção hídrica), facilitação da permeação de princípios ativos e manutenção das medidas reduzidas.
    Sem agressão e longe de medicamentos e agulhas, a massagem turbinada é dividida em cinco etapas: higienização com esfoliante físico; aplicação de hiperemiante para facilitar a permeação dos ativos lipolíticos; massagem com produtos específicos que potencializa a lipólise e firma a pele; massagem com o rolo de sucção; movimentos drenantes para ajudar na eliminação de toxinas; finalização com gel crioterápico.
    Para que haja um resultado significativo são necessárias, no mínimo, 10 sessões, sendo duas por semana. “É importante ressaltar que a massagem turbinada isolada não é um tratamento de emagrecimento, e sim um complemento, que deve ser combinado com dieta e exercícios físicos regulares, além da ingestão de bastante água para ajudar na eliminação das toxinas, garantindo assim um resultado mais rápido e satisfatório”
Com a chegada do verão muitas mulheres ficam desesperadas para correr atrás do prejuízo causado pela vida sedentária e a má alimentação , existe hoje em muitas clínicas de estética massagens capazes de ajudar a diminuir totalmente as medidas ganhas, antes de mais nada é preciso passar na avaliadora no qual vai indicar com o tipo de massagem adequada pára o seu corpo.
As massagens turbinadas  são indicadas para amenizar celulite, flacidez eliminando as toxinas e também na quebra da gordura local, as mais indicadas são as conhecidas: drenagem turbinada, lipoescultura manual e também a onoredux max que é feita com um rolinho que possui ventosas no qual é passada no corpo todo.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Drenagem linfática em geral beneficios e indicacoes

Método de massagem, realizado com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes, que seguem o trajeto do sistema linfático, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos, auxiliando a eliminação de toxinas e líquidos que se acumulam entre os tecidos.
A drenagem produz um efeito muito benéfico no organismo já que, favorece a circulação sanguínea e linfática, melhora as respostas imunes, produz relaxamento das fibras musculares, alivia a tensão e o stress, além disso é uma terapia muito gostosa e relaxante.

Indicações
- envelhecimento cutâneo;
- eliminar as toxinas;
- diminuir inchaços e retenção de líquidos;
- melhorar a oxigenação da pele;
- ativar o sistema imunológico;
- tratamento de celulite

- tratamento pré e pós cirurg. plástica, alivia hematomas e inchaços;
- perda de medidas;
- também atua como analgésico.

Benefícios
- Redução de edemas;
- Aumento do grau de hidratação e nutrição da célula;
- Aumento da velocidade de cicatrização de ferimento;
- Aumento da capacidade de absorção de hematomas;
- Melhora do retorno de sensibilidade em cirurgias plásticas;
- Previne a formação de celulite;
- Promove relaxamento.

Drenagem linfática facial

A drenagem linfática facial tem objetivos preventivos, estéticos e terapêuticos, pois estimula o sistema de defesa, a oxigenação dos tecidos e ajuda na eliminação de líquidos que ficam retidos, tonificando a pele e retardando o envelhecimento dos tecidos. Os movimentos são de deslizamento e bombeamento e têm a finalidade de desobstruir os canais linfáticos, causando sensação de bem-estar e provocando maior eliminação do líquido retido no organismo, por meio da urina.Melhora a irrigação sanguínea, proporcionando a diminuição do inchaço no rosto. No Spa Lashimi, o tratamento é realizado em 10 sessões, divididas em 2 vezes por semana, o tratamento consiste na higienização, DLM e na realização de uma frenagem linfática manual, específica para a região das pálpebras. Além disso, são feitas compressas em cima de cada olho com produto específico (cerca de 10 minutos para o produto fazer efeito). Aplica-se Pads gelados, que promoverão bioestimulação celular, além da massagem corretiva. Além disso, aplica-se nas pálpebras um creme específico para tratamento de bolsas e uma máscara que ajuda a drenar as toxinas e tem ação secativa. Para finalizar, aplica-se a fotoproteção. O tratamento não tem contraindicação e seus resultados são satisfatórios, como atua na melhoria da circulação sanguínea, a drenagem amplia a vascularização da região em que é aplicada. O resultado é a eliminação de bolsas e marcas de expressão na região dos olhos.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Massagem modeladora



A massagem modeladora é feita com manobras intensas de amassamento, deslizamento. Essas manobras desencadeiam um processo de estimulação, que propicia melhora na oxigenação dos tecidos, a quebra da cadeia de gordura, além de tonificar o sistema. Chamado ainda de massagem redutora e emagrecedora, o método tem como finalidade esvaziar a célula adiposa. “Por meio de manobras manuais utilizadas, a gordura de dentro da célula é eliminada pela corrente sanguínea, pela urina e pelas fezes”.

Principais Indicações:

Combate à Celulite: O conjunto de distúrbios no metabolismo  de líquidos e lipídeos formam a celulite, que é um tecido mal oxigenado, subnutrido e desorganizado.

Combate à Flacidez: O enfraquecimento das fibras de sustentação dos tecidos ou falta de tonicidade da pele  geram a flacidez.

Combate à gordura localizada: Por heranças genéticas ou excessos alimentares, o tecido gorduroso se acumula em locais determinados mais que em outros locais. São mais freqüentemente encontradas  na região do glúteo, coxas e culote.

Perder Medidas: Além de eliminar celulites, quebrar gordura e combater a flacidez, a perda de medidas é um resultado natural da massagem modeladora, principalmente na região dos quadris, coxas, culotes, abdome e cintura.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Em breve camisa do Studio.


Queridas alunas estamos providenciando as camisas do Studio.
Não sei ainda como será o design.
Esta que a aluna Ana Lidia desenhou está linda..
Temos outros modelos em avaliação.
Em breve faremos um aulão e haverá um sorteio de uma camisa..
Aguardem!!!!

Pilates e Gestação

Benefícios do Pilates durante a gestação

Pilates é uma atividade física de baixo impacto e também é considerado um dos melhores métodos de exercício para gestantes.
Uma das razões é que o Pilates ajuda a manter e melhorar o condicionamento dos músculos abdominais e assoalho pélvico, além de ser um método seguro durante a gestação. O Pilates também é muito benéfico na recuperação pós-parto.
Os exercícios podem ser adaptados para cada etapa da gestação de modo a permitir exercícios suaves e específicos, mas não devem ser continuados se a gestante sentir algum desconforto.
É sempre importante relembrar que, antes de iniciar qualquer atividade física a gestante procure por orientação médica.
O Pilates não sobrecarrega as articulações e as costas. De fato as costas serão fortalecidas, bem como o estômago e os músculos do assoalho pélvico, permitindo uma gestação tranquila do parto a recuperação.
Pilates no primeiro trimestre da gestação
Nos primeiros três meses, as mudanças hormonais no corpo podem provocar cansaço e enjoos, porém exercícios moderados podem ser feitos. Geralmente fazer atividades físicas e técnicas de relaxamento, proporcionam um bem estar físico e mental.
Pilates no segundo trimestre da gestação
O segundo trimestre é para a maioria das mulheres a etapa mais fácil da gestação, embora o corpo esteja mudando e expandindo, os níveis de energia são geralmente altos, então os exercícios devem ser intensificados para proporcionar inúmeras vantagens no preparo físico para os meses seguintes.
Pilates no terceiro trimestre da gestação
No terceiro trimestre as mulheres tendem a sentir sobrecarga e desconforto e os hormônios atuam nas articulações do quadril, o que pode causar dores nas costas. O peso adicional do bebê pode modificar o centro de equilíbrio, as pernas podem inchar e também podem aparecer varizes. O Pilates auxilia nesses desconfortos associados a gestação através do fortalecimento dos músculos centrais, que por sua vez oferece melhor postura e circulação.
Benefícios do Pilates durante o trabalho de parto
A melhoria do tônus muscular, da circulação e das técnicas de respiração adquiridas através da prática de Pilates, também será muito útil durante o trabalho de parto, proporcionando um parto mais tranquilo.
Pilates pós-parto
Geralmente as mulheres podem voltar a praticar Pilates após 4 ou 6 semanas do parto normal e de 8 a 12 semanas após o parto cesariana. Mas este período dependerá de uma prévia avaliação médica.
O Pilates ajudará o corpo a voltar a forma e tônus original, reforçando os músculos que foram utilizados durante a gravidez.

CAMINHADA+PILATES ---A COMBINAÇÃO PERFEITA PARA SECAR GORDURA E CHAPAR A BARRIGA



Calçar o tênis e sair andando já está de bom tamanho (a gente concorda que é bem difícil encaixar a atividade física na rotina). Mas fique sabendo que os mesmos 30 minutos de caminhada podem render muito mais benefícios se você der atenção especial à sua postura. “Se a coluna estiver curvada, a barriga solta e os ombros tensos, há uma sobrecarga muscular – em pouco tempo, o cansaço e as dores aparecem" Mas ao caminhar alinhada, o peso do corpo fica bem distribuído, um número maior de músculos são recrutados, o que proporciona aumento do gasto calórico e excelente definição muscular”,  Só que não basta encolher a barriga e estufar o peito feito general para desfilar uma boa postura. A grande sacada é fortalecer o abdômen, o verdadeiro responsável por um porte elegante – durante a caminhada e fora dela. “Não é à toa que, no pilates, chamamos toda a região que compreende os músculos abdominais e a lombar de core ou de centro de força do nosso corpo. O trabalho com foco nesse cinturão ajuda a harmonizar automaticamente o movimento das pernas e dos braços, além de exercitar intensamente a barriga”,  A solução para melhorar o seu desempenho ficou clara: combinar numa aula inédita e exclusiva a consciência corporal (e a barriga lisinha) que os exercícios de pilates garantem com um treino básico, mas superdinâmico, de caminhada. É o caminho certo para atingir o seu objetivo.
Fonte: Revista Beleza, saúde e Cia(PILATES)

segunda-feira, 11 de junho de 2012

ESTÉTICA CORPORAL E FACIAL

PILATES COM APARELHOS

REFORMER
Este aparelho apresenta um carrinho deslizante sobre uma estrutura de madeira que possibilita a composição de variados exercícios sentado, deitado, de pé, ajoelhado, e acredito que seja o mais completo de todos dentro do Studio. Possui também molas de resistências variadas e acessórios como as alças de mão e de pés, prancha e apoio para exercícios de pé, além de caixa ou baú para adaptação de outros exercícios.

Cadillac ou Trapézio
O Cadillac foi o nome atribuído a este aparelho com tantos apetrechos dado por Joseph Pilates quando o criou devido a enorme possibilidade de exercícios que ele permite, assim como um cadillac, carro dos sonhos da época, que tinha tantos acessórios de uso. O Cadillac tem molas de resistências variadas, barra móvel, fuzis para pés, trapézio, e permite uma infinidade de movimentos que vão além da criatividade do instrutor e aluno.


WUNDA CHAIR(CADEIRA)
Muito versátil esta cadeira possibilita exercícios de pé, sentado, aéreos, numa infinidade muito grande de movimentos seguros de execução. Possui molas, pedais que podem ser utilizados juntos ou em separados, e alças fixas de metal que podem ser removidas de acordo com a necessidade do movimento.

 


EXERCÍCIOS COM FAIXAS ELÁSTICAS

Veja abaixo uma série de exercícios proposto que pode ser feita por qualquer pessoa, em qualquer lugar, somente com o auxílio de uma faixa elástica.
O objetivo é chamar a atenção para a consciência corporal e demonstrar os benefícios proporcionados pelo método pilates -seja para o bem-estar, seja para a forma estética.

De joelhos - inclinações laterais
Mantenha uma almofada sob os joelhos para protegê-los.
  1. Prenda uma extremidade da faixa sob um dos joelhos. Mantenha-os alinhados com os quadris. Deixe folga suficiente para trazer a outra extremidade para o ombro, enrolando o que sobrar em torno da mão.
  2. Inspire, puxando a casa de força para dentro e para cima, e estire a faixa em direção ao teto.
  3. Expire e incline o corpo para o lado, alongando a cintura enquanto puxa o ombro para longe da orelha.
  4. Deslize os dedos da mão oposta pela coxa em direção ao chão, aumentando o alongamento, mas mantenha o peso sobre os dois joelhos. Imagine-se enterrado na areia até a cintura, o que o impede de deslocar o peso enquanto se inclina para o lado.
  5. Inspire e volte à posição ereta.
  6. Expire e dobre o cotovelo, levando a mão à altura do ombro.
  7. Repita o exercício de três a cinco vezes para cada lado, com concentração e controle, puxando a casa de força cada vez mais para dentro.



A RÃ
  1. Deite-se de costas com os joelhos dobrados e afastados - com uma distância que não ultrapasse a largura dos ombros - e os pés na postura Pilates (calcanhares juntos, pontas dos pés afastadas). Coloque a faixa de modo que atravesse as solas dos pés.
  2. Segure as pontas da faixa com os cotovelos dobrados em ângulo reto e pressionados contra o corpo.
  3. Acione a casa de força e eleve a cabeça para olhar a barriga.
  4. Inspire e empurre a faixa para longe com os pés, puxando a barriga ainda mais para dentro. Não permita que os braços se movimentem.
  5. Acione a região interna das coxas enquanto estende as pernas. Imagine-se tentando esticar uma calça jeans molhada.
  6. Crie uma força de resistência imaginária enquanto expira e lentamente dobre os joelhos, trazendo-os para a posição inicial.
  7. Repita o exercício de cinco a oito vezes com concentração e controle, afundando mais a casa de força a cada repetição.


Remada
  1. Sente-se ereto e deixe as pernas paralelas, estendidas à frente. Coloque a faixa nas solas dos pés e segure as pontas.
  2. Com os nós dos dedos frente a frente, inspire enquanto puxa as mãos para o peito, ficando mais reto e alongando a região lombar.
  3. Expire ao movimentar a região lombar e lentamente levar as vértebras inferiores, uma de cada vez, para o colchonete. Imagine-se tentando imprimir a forma da coluna em argila.
  4. Inspire e crie resistência ao voltar para cima, curvando-se em torno da barriga até sentar ereto.
  5. Expire e deixe de tensionar a faixa.
  6. Repita o exercício de cinco a oito vezes, com concentração e controle, afundando cada vez mais a casa de força a cada repetição.




Fonte: Do livro DESAFIOS DO CORPO(PILATES)  da  norte-americana Brooke Siler

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Postura....




A era da informática chegou com as ondas da internet fazendo-nos navegar sem parar com muitas ofertas tentadoras para as pessoas de todas as idades, alturas e pesos e descuidamos da nossa postura.
Ficamos sentados durante horas navegando sem perceber que a postura incorreta nos afeta com o tempo que usamos o notebook, computador, tablete ou celular e só notamos quando a dor nos incomoda. Devemos observar a maneira correta de nos sentarmos e a postura correta em frente a essa maravilha do mundo moderno no escritório, na sala de aula, em casa, no shopping e em todos os lugares onde acessamos o computador.
O desenho que segue no mostra a postura correta de sentarmos. Os pés devem estar apoiados no chão. A região lombar deve permanecer recostada ao encosto da cadeira e a coluna reta, os braços levemente inclinados para frente para reger movimentos livres do punho, os joelhos abaixo do quadril e os pés bem apoiados no chão.
Se a região do quadril ficar projetada para frente haverá um desvio da postura que acarretará um desvio das vértebras e discos fazendo com que soframos muito com dores constantes e tenhamos que procurar por fisioterapia...Pilates...para corrigir nossa postura.


Fonte:
Mcientifica.com.br

quinta-feira, 7 de junho de 2012

PILATES COM BOLA

A aula de Pilates com bola controla picos de ansiedade e depressão ocasionados pelo estresse do dia a dia. Mais do que um exercício físico é um exercício mental, que tem como objetivo trabalhar a mente associada ao corpo e trazer benefícios para a postura, trabalha uma notável melhora no equilíbrio e coordenação motora, além da satisfação e diversão proporcionadas pela prática dos exercícios.
Os benefícios do Pilates, associados aos exercícios com bola, tornam a aula ainda mais divertida e os resultados são rápidos e aparentes porque tonifica e define músculos, melhora a flexibilidade e harmoniza as formas do corpo.
Os exercícios do Pilates com bola fazem com que a aula seja praticada por pessoas de diferentes níveis de condicionamento, as que se recuperam de lesões como também as que estejam em plena forma. No Pilates com a bola, trabalham-se as camadas mais profundas da musculatura de maneira muito eficaz, os exercícios são apresentados de forma bem simples, deixando de usar as séries com repetições. Os movimentos são contínuos e o grau de dificuldade é gradativo. Todos esses exercícios requerem muita precisão e concentração, sempre regulados pela inspiração e expiração corretas.

Seguidores

Compartilhe com seus amigos

Contador de Visitas